IMG 0548

A Câmara Municipal de Santa Catarina realizou hoje a última Sessão Ordinária da Assembleia Municipal, onde o Presidente Francisco Tavares em jeito de balanço falou sobre o saneamento no município e os feitos conseguidos nesse domínio pela autarquia

A última Sessão Ordinária da Assembleia Municipal que ora foi iniciada hoje teve como o ponto alto os feitos da câmara municipal nesses quatro anos de mandato que já está no final.

Segundo o edil, Francisco Tavares o município de Santa Catarina está limpa, apesar de muitas dificuldades mas conseguiu com muitos esforços conseguiu fazer trabalhos satisfatórios neste domínio.

 Francisco Tavares anunciou que a autarquia vai receber do Governo novos contendores e camião para a recolha de lixo, “adquiridos com o dinheiro desse município relativo a taxa ecológica e neste momento já pagamos para a construção de abrigo desses contentores em Assomada e com os catadores de lixo a trabalharem ao fundo este concelho vai ser irreconhecível em matéria de saneamento”, explicou o edil.

Com o fornecimento deste material Francisco Tavares declarou que o lixo vai ser levado para o Vale da Custa em São Domingos e dessa forma vai ser selada a lixeira de Santa Catarina e dessa forma fecha o dossier sobre o saneamento.

Tavares realça que a área do saneamento foi a mais  penalizada pelo Governo anterior tendo em conta que desde 2009 deixaram de financiar os planos ambientais municipais que este município recebia 14000 contos por ano.

“A câmara não recebeu 122 mil contos portanto da mesma forma esse município não recebeu recursos da taxa ecológica que eram no valor de 29 mil contos por ano, dessa forma os recursos necessários para a melhoria de saneamento foram negados pelo antigo governo de Cabo Verde, aliás recursos que são do município foram engavetados pelo governo anterior”fez saber o autarca.

Francisco Tavares referiu que nenhum projecto na área do saneamento desta edilidade foi financiado pelo antigo Governo através do fundo de ambiente, como exemplo o projecto intitulado de “informação, educação e sensibilização para o ambiente e saneamento”.

O presidente da Câmara municipal está ciente de que poderia ser feito muito mais na área do saneamento caso tivesse mais condições financeiras nomeadamente aprovação de orçamentos chumbados pela bancada do PAICV na Assembleia municipal.


Encontre-nos

Paços do Concelho
Largo Gustavo Monteiro
Cidade de Assomada, C.P. nº37
P: (+238) 938 45 55

info@cmscst.cv

© Sítio da CM de Santa Catarina 2020