Amizade e cumplicidades no lançamento do livro de Silva Roque Aconteceu esta sexta-feira, no Centro Cultural Norberto Tavares, juntando amigos para a apresentação de “Espermas de Sol” – o primeiro livro de poesia do jornalista. A apresentação esteve a cargo de António Alte Pinho e Gaudino Cardoso   Amizade e cumplicidades foram o traço cen See more details
Natal já chegou a Assomada A cidade nunca esteve tão bonita e há até quem faça comparações com a iluminação natalícia da capital e conclua: “Assomada é a cidade do Natal mais bonita de Cabo Verde”   Luz, muita luz e alegria, é isso que se sente pelas ruas. O Natal, antecipado e luminoso, chegou hoje a See more details
Repuxo de água dá mais encanto à Avenida Liberdade Desde ontem, a Avenida Liberdade conta com mais um pormenor de grande simplicidade e beleza estética, numa lógica de cidadeque privilegia as zonas verdes e o contacto com a natureza, devolvendo o espaço público aos cidadãos   Desde esta quinta-feira, 12, que um repuxo de água (o prime See more details

Avaliação do Usuário

Star inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactive
 

mesaAssomada, 03 Jun (Inforpress) - A mesa redonda “Santa Catarina património histórico e cultural” realizada hoje em Assomada, capital deste município da ilha de Santiago, recomendou o resgate e preservação de movimentações culturais sobretudo a nível da cultura material.

Em declarações à Inforpress, o coordenador deste evento e investigador do Arquivo Histórico Nacional, José Évora disse que a mesa redonda aconselhou no sentido de serem tomadas medidas concretas que visem o resgate e a preservação da cultura material e imaterial no município de Santa Catarina.

De acordo com o investigador, durante o encontro falou-se por exemplo muito da Tabanca, uma das manifestações culturais das mais genuínas no concelho de Santa Catarina e da ilha de Santiago no geral e que começa a perder fôlego.

“Isso quer dizer que há qualquer coisa que não está bem, portanto há necessidade de medidas concretas no sentido de preservar esta manifestação”, disse.

José Évora indicou, por outro lado, que é preciso tentar fazer um “relacionamento entre estas manifestações de cultura imaterial, com a idiossincrasia das gentes desta ilha” e tentar fazer também o bom uso destas manifestações, no sentido de promover o turismo cultural e científico.

A mesa redonda que foi realizada em conjunto pela Câmara Municipal de Santa Catarina e o Arquivo Histórico Nacional, no âmbito das actividades do dia 06 de Junho, dia da Cultura nesse município, recomendou ainda sobre a necessidade de se debruçar sobre a “materialidade rural do concelho”.

“Há necessidade de se investigar até que ponto existem vestígios arqueológicos que nos permitam fixar os primeiros núcleos de povoamento no interior desta ilha; há necessidade de dar um tratamento adequado ao património arquivístico”, disse o investigador realçando que cabe ao Arquivo Histórico Nacional e à câmara municipal darem um tratamento adequado a toda a produção arquivística que está albergada nesta instituição.

Segundo José Évora, outra preocupação levantada na mesa redonda de Assomada prende-se com os casarões, com especial realce para a casa de Telhal, na Ribeira dos Engenhos e o seu avançado estado de degradação.

Por fim, o encontro recomendou ainda que há necessidade não só de mais encontros do género, mas sobretudo de tomada de medidas concretas no sentido de resolver alguns problemas por que passam os patrimónios culturais deste concelho, quer sejam material ou imaterial.


banner-video 2

cabBoletim

noite-branca-programacao

plano-estrategico-santiago-2

guia-turistico-capa

Encontre-nos

Paços do Concelho
Largo Gustavo Monteiro
Cidade de Assomada, C.P. nº37
P: (+238) 938 45 55

info@cmscst.cv

© Sítio da CM de Santa Catarina 2019