IPC e Câmara apostam forte na Olaria de Fonte Lima

A intenção é fazer da zona um ponto de chegada e não apenas de passagem, valorizando esta arte, empoderando as mulheres e criando um espaço de memória coletiva

 

O Instituto do Património Cultural (IPC) e a Câmara Municipal de Santa Catarina apostam forte no apoio às oleiras de Fonte Lima. O IPC tem em curso um projecto, em parceria com a autarquia, visando transformar a zona “num ponto de chegada e não apenas de passagem”, como tem acontecido até agora. Isto é, “através da valorização da olaria tradicional típica da localidade”, sustenta o IPC.

O projecto, da responsabilidade da antropóloga Ana Samira Carvalho, foi discutido na última segunda-feira, 11, durante um encontro entre a Vereadora da Cultura, Jassira Monteiro, e o Presidente do IPC, Hamilton Jair Fernandes.

O projecto (Olaria de Fonte Lima) configura o “empoderamento das mulheres da localidade, através deste saber tradicional, associado à criação de um espaço de memória”, que, segundo o Presidente do IPC, terá “grande impacto na comunidade, tanto a nível cultural e social, como económico”.

Jassira Monteiro, por sua vez, acredita que este projecto é “perfeitamente exequível” e irá “reavivar a memória coletiva de Fonte Lima”, sublinhou a Vereadora da Cultura.

De referir, ainda, que o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas fez chegar à Tesouraria Municipal a quantia de 242.699 mil escudos, tendo em vista a reabilitação imediata do teto da “Casa da Cerâmica” de Fonte Lima, que se encontra bastante degradado.

 


Travessa Baixo, Poilão, Mato Gegê, Librão e João Bernardo são as localidades que, ainda este ano, vão beneficiar de energia elétrica   A rede pública de eletricidade vai chegar, ainda este ano à zona...
No entanto, outros bairros irão ser contemplados nos próximos dois anos, decorrente da assinatura de contratos-programa com o Governo, no âmbito do Programa de Requalificação, Reabilitação e...
O contrato-programa foi assinado na última sexta-feira, mas o número de famílias contempladas vai elevar-se a um total de 377, decorrente de uma verba global de 113 mil contos   Cerca de 20 mil contos...
A campanha é organizada pelo Pelouro do desenvolvimento Social e conta com a colaboração de académicos e de estudantes dos cursos de enfermagem das universidades, da Delegacia de Saúde, da Cruz...
Recursos já estão disponíveis para mitigação dos efeitos do mau ano agrícola, paralelamente à mobilização de água   Vinte e um milhões de escudos é a verba assegurada para a criação de frentes de trabalho...

© Sítio da CM de Santa Catarina 2019