Concurso de Batuco sobe ao palco este domingo

“Batuku em Festa – Concurso O Melhor Grupo do Ano”, conta este mês com a sua primeira edição, numa organização do Pelouro da Cultura. No próximo domingo, sobe ao palco do Polivalente a primeira edição

 

Assumindo para si a organização, o Pelouro da Cultura arranca este domingo, 15, com a primeira sessão de “Batuku em Festa – Concurso O Melhor Grupo do Ano”, que conta com a participação de um total de 15 grupos de Batuco de Santa Catarina, São Salvador do Mundo, Ribeira Grande, São Domingos, São Lourenço dos Órgãos, Tarrafal e São Miguel.

Nesta primeira sessão, pelas 16h00, sobem ao palco do Polivalente de Assomada, Fidjus de Nha Santana (Achada Lém, Santa Catarina), Flor de Cultura (Mato Limão, São Salvador do Mundo), Boa Vontade (Salineiro, Ribeira Grande), Txabi Nobu (Fonte Lima, Santa Catarina) e Alma sem Maldade (Achada Lém, Santa Catarina).

O concurso conta com três sessões, sendo que a segunda se realiza a 22 de Julho e a terceira a 29 do mesmo mês.

Na segunda sessão irão subir ao palco Fidjus de Nha Santa Catarina (Achada Falcão, Santa Catarina), Raiz de Mano Mendes (Ribeirão Chiqueiro, São Domingos), Flor de Juventude (São Lourenço dos Órgãos), Caras Novas (São Domingos) e Mudjeres de Boa Esperança (Ribeira das Pratas, Tarrafal).

A terceira Sessão conta com a participação de Raiz Fincadu (Nhagar, Santa Catarina), Entre Verde (Pau Verde, Santa Catarina), Nova Esperança (Calheta, São Miguel), Nha Ana d’Veiga (Ribeirão Manuel, Santa Catarina) e Flor de Esperança (Entre Picos de Reda, Santa Catarina).

Para fazer face às despesas de organização, o Pelouro da Cultura definiu em 100 (cem) escudos o preço de entrada no recinto.

Tradição nascida no Interior de Santiago, particularmente em Santa Catarina, o Batuco é um género performativo complexo que envolve percussão, poesia, canto e dança. O repertório é constituído por cantigas em crioulo, acompanhadas por percussão polirrítmica realizada com as mãos, num idiofone formado por uma pequena almofada (ou pano enrolado) designada por “tchabeta”.

(foto de arquivo)

 


A mão-de-obra vai ser empregue na produção de paralelo, cujo orçamento está fixado em 27 milhões de escudos, indo gerar um considerável impacto no rendimento das famílias e na economia local   A...
O quintal do Centro Cultural Norberto Tavares quase que foi pequeno para acolher o lançamento de "Diversidade Interculturalidade e Inclusão - Desafios à Educação Básica em Cabo Verde". Uma obra de...
A estrada tem um percurso de 10 quilómetros, está orçada em 261 mil contos e é financiada pelo Banco Mundial e pelo Governo de Cabo Verde. Beneficiando as populações de Achada Grande, Palha Carga,...
Uma parceria forte que contribuirá para o desenvolvimento da economia local e na criação de empresas, criando mais postos de trabalho, é o propósito da assinatura do protocolo entre a Câmara...
Em encontro realizado na última quarta-feira, o Presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina apresentou um projeto e pediu apoio à Coordenadora Residente da ONU. Ana Graça sustentou que o...

© Sítio da CM de Santa Catarina 2019