Obras em Furna Acima estão prontas até ao final do mês

A remoção da rocha, que punha em causa a segurança da população, está em curso, mas as obras incluem, ainda, uma pequena estrada de acesso à localidade, substituindo o anterior caminho de terra bãoatida, bem como muros de proteção

 

No valor de quatro mil contos (quatro milhões ECV), integralmente assegurados pelo Governo, a obra de remoção da rocha que punha em causa a segurança da população, vai estar pronta neste final de mês, sendo que as famílias, atualmente deslocadas em Cruz Grande, poderão regressar à localidade.

 

“Tudo leva a crer que a obras estarão prontas no final deste mês e as famílias, finalmente, poderão regressar às suas habitações”, disse o presidente Beto Alves a este portal. O Edil de Santa Catarina falava numa visita à obra efetuada na última sexta-feira, 05.

Os planos de obra, da responabilidade da empresa Tecnovia, incluem ainda uma pequena estrada de acesso à localidade, substituindo o anterior caminho de terra batida, bem como muros de proteção.

Recordamos que a população foi deslocada para Cruz Grande no final de agosto último, altura da passagem de uma depressão tropical pela ilha. Na ocasião - e alegando que “a segurança da população é prioridade máxima” -, o Presidente Beto Alves determinou a evacuação da população para Cruz Grande, já que a intempérie poderia provocar a queda da rocha existente à entrada de Furna Acima.

O Edil garantiu que as obras seriam iniciadas de imediato, o que veio a acontecer menos de um mês depois da evacuação, ou seja, duas semanas atrás da presente data.

 


Travessa Baixo, Poilão, Mato Gegê, Librão e João Bernardo são as localidades que, ainda este ano, vão beneficiar de energia elétrica   A rede pública de eletricidade vai chegar, ainda este ano à zona...
No entanto, outros bairros irão ser contemplados nos próximos dois anos, decorrente da assinatura de contratos-programa com o Governo, no âmbito do Programa de Requalificação, Reabilitação e...
O contrato-programa foi assinado na última sexta-feira, mas o número de famílias contempladas vai elevar-se a um total de 377, decorrente de uma verba global de 113 mil contos   Cerca de 20 mil contos...
A campanha é organizada pelo Pelouro do desenvolvimento Social e conta com a colaboração de académicos e de estudantes dos cursos de enfermagem das universidades, da Delegacia de Saúde, da Cruz...
Recursos já estão disponíveis para mitigação dos efeitos do mau ano agrícola, paralelamente à mobilização de água   Vinte e um milhões de escudos é a verba assegurada para a criação de frentes de trabalho...

© Sítio da CM de Santa Catarina 2019