Assembleia vota Orçamento e criação da Polícia Municipal

Estes instrumentos fundamentais para a gestão municipal vão a votos a 20 e 21 de dezembro, na Sessão Ordinária que reúne no Salão Nobre dos Paços do Concelho

 

A Assembleia Municipal de Santa Catarina reúne em Sessão Ordinária a 20 e 21 de dezembro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho. Em agenda, a votação do Orçamento e Plano de Atividades para 2019 e a criação da Polícia Municipal.

Na ordem do dia vai estar, ainda, um pedido de autorização para a alienação de imóveis.

A criação da Polícia Municipal é uma das propostas da plataforma eleitoral do Presidente Beto Alves, que sempre considerou ser necessário reforçar os meios de fiscalização municipal, bem assim, estabelecer uma estratégia de prevenção e de combate à criminalidade na Cidade de Assomada e em todo o Concelho, em concertação com a Polícia Nacional.

No que respeita à votação do Orçamento e do Plano de Atividades para 2019, recordamos que o ano passado (2018) este documento recebeu, pela primeira vez na história de Santa Catarina, a aprovação unânime das bancadas do PAICV e do MpD.

Espaço ainda, decorrente do regimento, para um período de intervenção dos munícipes antes da Ordem do Dia.

 

Travessa Baixo, Poilão, Mato Gegê, Librão e João Bernardo são as localidades que, ainda este ano, vão beneficiar de energia elétrica   A rede pública de eletricidade vai chegar, ainda este ano à zona...
No entanto, outros bairros irão ser contemplados nos próximos dois anos, decorrente da assinatura de contratos-programa com o Governo, no âmbito do Programa de Requalificação, Reabilitação e...
O contrato-programa foi assinado na última sexta-feira, mas o número de famílias contempladas vai elevar-se a um total de 377, decorrente de uma verba global de 113 mil contos   Cerca de 20 mil contos...
A campanha é organizada pelo Pelouro do desenvolvimento Social e conta com a colaboração de académicos e de estudantes dos cursos de enfermagem das universidades, da Delegacia de Saúde, da Cruz...
Recursos já estão disponíveis para mitigação dos efeitos do mau ano agrícola, paralelamente à mobilização de água   Vinte e um milhões de escudos é a verba assegurada para a criação de frentes de trabalho...

© Sítio da CM de Santa Catarina 2019