Paternidade humana é tema de livro e reflexão

José dos Santos Tavares Cabral, mestre em Teologia, parte da observação do Papa Francisco incerta na Exortação Apostólica Amoris Laetitia para refletir sobre a ausência da figura simbólica do pai na família

 

“Paternidade humana, reflexo da paternidade divina” é o título do livro de José dos Santos Tavares Cabral, um jovem do Tarrafal, mestre em Teologia pela Universidade Católica Portuguesa, que esta sexta-feira, 08, se apresenta ao público, pelas 18h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Assomada.

Partindo de uma análise da “crise da paternidade” nas sociedades contemporâneas, Tavares Cabral propõe-se ir no “encalço” da observação do Papa Francisco incerta na Exortação Apostólica Amoris Laetitia, numa narrativa que aborda a questão da “ausência da figura simbólica do pai na família”.

Com a chancela Paulus Editora, “Paternidade humana, reflexo da paternidade divina” é apresentado por José Carlos Gomes, sacerdote católico e diretor-geral da editora.

José dos Santos Tavares Cabral nasceu em Lagoa, Tarrafal, a 12 de outubro de 1993. Após os primeiros estudos, com 14 anos, entrou para o Seminário Menor de São José, na cidade da Praia. Completado o ensino secundário, em setembro de 2011, seguiu para Portugal, dando continuidade à sua formação tendo em vista o sacerdócio.

Em Portugal, passou pelos seminários Maior de São José e Maior de Cristo-Rei. Em julho de 2018 completou o Mestrado Integrado em Teologia no polo de Lisboa da Universidade Católica Portuguesa, regressando a Cabo Verde para se preparar para as ordenações.

O lançamento da obra é organizado pela Diocese de Santiago e conta com o apoio da Câmara Municipal de Santa Catarina.

 


© Sítio da CM de Santa Catarina 2019