Jassira Monteiro escutou anseios da população de Figueira das Naus

Conhecer melhor os problemas da localidade e encontrar as melhores soluções foi o objetivo do encontro ocorrido nesta quarta-feira. Para além de tratar das questões culturais, Jassira Monteiro ouviu todas as dificuldades que apoquentam a comunidade e comprometeu-se a levá-las ao conhecimento de toda equipa camarária

 

A Vereadora da Cultura, Género, Comunicação e Imagem, Jassira Monteiro, acompanhada da Diretora da área, Celecina Gomes, visitou esta quarta-feira, 06, a comunidade de Figueira das Naus para se inteirar dos problemas que aquela localidade enfrenta.

Durante a visita, vários problemas foram encontrados, nomeadamente, a fraca distribuição de água, falta de recolha de lixo, necessidade de criação de espaços de lazer para os jovens, requalificação da escola básica e da placa desportiva, falta de materiais escolares e também deficiências no apoio às famílias vulneráveis.

Outro dos problemas levantados pelos moradores foi a realização do festival na localidade com artistas de renome no país e a falta de segurança policial.

Face aos problemas levantados, a Vereadora garantiu que as todas as preocupações serão analisadas pelas respetivas vereações de modo a encontrarem as soluções para os problemas.

Em termos de realização do festival, agendado para 11 de fevereiro, Jassira Monteiro afirmou que as realizações dos festivais podem ser de iniciativa privada ou da Câmara.

Sublinhou, ainda, que a edilidade se tem pautado por apoiar todos os festivais comunitários, com a mesma quantia (70 mil escudos) e com a colocação de palco e som, sem privilegiar nenhuma localidade e apoiando sempre os artistas locais.

 


A mão-de-obra vai ser empregue na produção de paralelo, cujo orçamento está fixado em 27 milhões de escudos, indo gerar um considerável impacto no rendimento das famílias e na economia local   A...
O quintal do Centro Cultural Norberto Tavares quase que foi pequeno para acolher o lançamento de "Diversidade Interculturalidade e Inclusão - Desafios à Educação Básica em Cabo Verde". Uma obra de...
A estrada tem um percurso de 10 quilómetros, está orçada em 261 mil contos e é financiada pelo Banco Mundial e pelo Governo de Cabo Verde. Beneficiando as populações de Achada Grande, Palha Carga,...
Uma parceria forte que contribuirá para o desenvolvimento da economia local e na criação de empresas, criando mais postos de trabalho, é o propósito da assinatura do protocolo entre a Câmara...
Em encontro realizado na última quarta-feira, o Presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina apresentou um projeto e pediu apoio à Coordenadora Residente da ONU. Ana Graça sustentou que o...

© Sítio da CM de Santa Catarina 2019