Escola de Música Norberto Tavares: 2 anos formando uma nova geração de artistas

Desde a sua entrada em funcionamento, a escola já formou mais de 170 alunos, mas também cidadãos responsáveis e jovens ativos nas suas comunidades. Para assinalar a efeméride, uma tarde cultural teve lugar com a presença do irmão de Norberto, António (Totó) Tavares

 

O Quintal Orlando Pantera, no Centro Norberto Tavares, foi o palco de uma tarde cultural em comemoração do 2º aniversário da Escola de Música Norberto Tavares. Uma apresentação dos alunos da escola, junto com o seu diretor e professor, David Rocha, a que se seguiram outros artistas, cantou a arte e o homem que foi Norberto, assim como sua influência na formação de uma nova geração de artistas e na preservação da cultura caboverdiana.

Fundada em 2 de fevereiro de 2017, por iniciativa da Norberto Tavares Foundation, as comemorações aconteceram no dia 07, quinta-feira, com uma tarde cultural com os artistas locais Naty Martins, Silvino Tavares, Marlici e, ainda, António (Totó) Tavares, Presidente da Fundação Norberto Tavares, um dos mentores do projeto da escola de música que leva o nome do irmão.

Cultura e identidade caboverdiana

Um momento de animação com intérpretes e plateia a cantarem juntos em vários momentos levados pela música. A música e a cultura caboverdiana que foram temas de conversa, sendo o futuro da escola e dos seus alunos um fator de preservação da cultura e identidade caboverdiana.

“Queremos promover a cultura musical na sua vertente formativa”, disse logo no início David Rocha ao falar sobre a missão da escola. “Mas, pretende-se, ainda, assegurar uma identidade caboverdiana na sua vertente musical”, referiu Rocha. E acrescentou que, com a capacitação e formação de uma nova geração de músicos relevantes e de excelência no interior, tem-se a intenção de engrandecer a região.

“O Centro Cultural Norberto Tavares, como um espaço cultural, tendo na sua dependência uma escola de iniciação musical, tem por missão perpetuar a cultura desde a tenra idade, numa perspetiva de futuro, de comprometimento com as novas gerações”, enfatizou David Rocha.

Muitas Norbertas e Norbertos…

Totó Tavares enalteceu o trabalho do diretor e o seu reconhecido esforço. E acentuou a vontade em continuar a apoiar a escola através da Norberto Tavares Foundation. “O nosso desejo é que deste lugar saiam muitos Norbertas e Norbertos Tavares, porque a música é algo que nos liga e somos um povo muito rico culturalmente”, disse Totó, que trouxe dos EUA para a escola um conjunto de equipamentos de som como suporte às suas atuações.

António Tavares referiu que o momento que presenciou, com a atuação dos alunos junto com o professor, o tocou e com mais vontade ficou de continuar a ajudar a escola.

O diretor da Escola Norberto Tavares mencionou, ainda, um plano ambicioso para que a escola possa ter um currículo de formação, podendo vir a criar parcerias com professores para cursos online e ter alunos a sair do país.

Para a Vereadora da Cultura, Jassira Monteiro, o sucesso da escola tem dignificado o nome do patrono e do espaço onde está instalada e sublinhou o engajamento da Câmara Municipal com este projeto inovador.

De referir que, desde a sua entrada em funcionamento, a Escola de Música Norberto Tavares já formou mais de 170 alunos, promovendo a música em Santa Catarina, mas também cidadãos responsáveis e jovens ativos nas suas comunidades.

 


Travessa Baixo, Poilão, Mato Gegê, Librão e João Bernardo são as localidades que, ainda este ano, vão beneficiar de energia elétrica   A rede pública de eletricidade vai chegar, ainda este ano à zona...
No entanto, outros bairros irão ser contemplados nos próximos dois anos, decorrente da assinatura de contratos-programa com o Governo, no âmbito do Programa de Requalificação, Reabilitação e...
O contrato-programa foi assinado na última sexta-feira, mas o número de famílias contempladas vai elevar-se a um total de 377, decorrente de uma verba global de 113 mil contos   Cerca de 20 mil contos...
A campanha é organizada pelo Pelouro do desenvolvimento Social e conta com a colaboração de académicos e de estudantes dos cursos de enfermagem das universidades, da Delegacia de Saúde, da Cruz...
Recursos já estão disponíveis para mitigação dos efeitos do mau ano agrícola, paralelamente à mobilização de água   Vinte e um milhões de escudos é a verba assegurada para a criação de frentes de trabalho...

© Sítio da CM de Santa Catarina 2019