100 empregos para jovens até ao final do ano

A garantia foi dada por Jacinto Horta durante o lançamento do Programa Municipal de Estímulo ao Primeiro Emprego, que aconteceu na última sexta-feira no Auditório do Liceu Amílcar Cabral e contou com uma sala cheia de jovens de todo o concelho

 

Até ao final de 2019, pelo menos 100 (cem) empregos para jovens irão ser criados em Santa Catarina. A garantia foi dada esta sexta-feira, 15, pelo Vereador da Juventude e Desporto.

Jacinto Horta falava durante a apresentação do Programa Municipal de Estímulo ao Primeiro Emprego, que teve lugar no Auditório do Liceu Amílcar Cabral, em Assomada, e juntou jovens de várias localidades do concelho.

“Queremos contribuir para a diminuição do desemprego jovem em Santa Catarina”, disse Horta, justificando o lançamento do Programa Municipal de Estímulo ao Primeiro Emprego.

Segundo o vereador, a edilidade prevê, “pelo menos, a criação de cem empregos até ao final do ano”, mas “se formos mais além ainda melhor”, sublinhou Jacinto Horta.

Inclusão social e empreendedorismo

Abarcando um universo de jovens entre os 16 e os 35 anos, o programa visa promover a inclusão social e abrir portas para que os jovens possam desenvolver as suas capacidades, seja através do emprego no mercado de trabalho, nos setores público e privado, seja através da criação de projetos de autoemprego e de criação de micro empresas.

O programa integra, ainda, o projeto “Jovem Criativo” destinado a jovens com ideias de negócios em vários setores com potencial de crescimento e tem como principais eixos captar, fixar e desenvolver competências e conhecimentos dos jovens santacatarinenses por via da promoção e estímulo da criatividade, inovação e empreendedorismo.

O ato público de lançamento do Programa Municipal de Estímulo ao Primeiro Emprego contou, para além de Jacinto Horta, com intervenções do promotor do projeto, Ulisses Vieira, do Presidente Beto Alves e do Secretário de Estado para a Inovação e Formação, Pedro Lopes.

Com a sala cheia de jovens de todo o concelho, ao ato público compareceram, ainda, representantes do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) e do Fundo de Promoção do Emprego e da Formação (FPEF).

 


A mão-de-obra vai ser empregue na produção de paralelo, cujo orçamento está fixado em 27 milhões de escudos, indo gerar um considerável impacto no rendimento das famílias e na economia local   A...
O quintal do Centro Cultural Norberto Tavares quase que foi pequeno para acolher o lançamento de "Diversidade Interculturalidade e Inclusão - Desafios à Educação Básica em Cabo Verde". Uma obra de...
A estrada tem um percurso de 10 quilómetros, está orçada em 261 mil contos e é financiada pelo Banco Mundial e pelo Governo de Cabo Verde. Beneficiando as populações de Achada Grande, Palha Carga,...
Uma parceria forte que contribuirá para o desenvolvimento da economia local e na criação de empresas, criando mais postos de trabalho, é o propósito da assinatura do protocolo entre a Câmara...
Em encontro realizado na última quarta-feira, o Presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina apresentou um projeto e pediu apoio à Coordenadora Residente da ONU. Ana Graça sustentou que o...

© Sítio da CM de Santa Catarina 2019