Consultores internacionais reuniram com Vereador da Segurança e Proteção Civil

Emanuel Carvalhal recebeu uma equipa técnica indicada pelo Banco Mundial. A visita visa a recolha de informações sobre os procedimentos dos serviços de proteção civil em caso de emergência, informações necessárias para a avaliação e identificação de oportunidades para desenvolver e melhorar o sistema global de prevenção e resposta em caso de emergência

 

O Governo de Cabo Verde aprovou em 2018 a Estratégia Nacional para a Redução de Riscos de Desastre (ENRRD), onde assumiu o compromisso de, no horizonte de 2018 a 2030, reduzir os riscos de desastre a que o país está sujeito, sejam eles de origem natural provocados por ação do homem. A prevenção e resposta a desastres é uma das áreas prioritárias que o Governo quer trabalhar e solicitou, neste particular, assistência técnica ao Banco Mundial para uma análise detalhada do sistema global de prevenção e resposta a emergências.

No âmbito deste pedido de assistência técnica o Vereador da Segurança e Proteção Civil, Emanuel Carvalhal, recebeu esta terça-feira, 11, a delegação da Prepared International, empresa escolhida pelo Banco Mundial para a realizar a análise das estruturas e procedimentos da gestão de desastres utilizado no país. Ao encontro juntou-se o Presidente em Exercício, Jacinto Horta.

O objetivo é atingir uma visão complexa do sistema atual e as suas lacunas para informar os futuros agentes na área da preparação e respostas em caso de emergência.

As informações disponibilizadas pelo Vereador da Segurança e Proteção Civil, assim como informações recolhidas pelos técnicos da Prepared International, junto das outras câmaras, servirão para se ter uma visão geral do sistema nacional de emergência. E espera-se que esta avaliação contribua para melhorar a eficiência, evitar duplicação de esforços e aumentar o benefício da colaboração entre as principais entidades governamentais e de ajuda de emergência.

 


© Sítio da CM de Santa Catarina 2019