“É visível a marca dos emigrantes em Santa Catarina”

Num ambiente de cumplicidade, fraternidade e confiança, decorreu o Encontru di Emigrantis no último sábado, a que se seguiu um Jantar/Espetáculo que juntou nomes emergentes da música caboverdiana

 

Segundo o Presidente Beto Alves, “é visível a marca dos emigrantes em Santa Catarina”, já que “durante anos da nossa história, os homens de Santa Catarina elegeram a emigração como sendo uma via para a resolução dos problemas e concretização de sonhos”. O Edil falava no último sábado, 05, no Encontru di Emigrantis que reuniu, nos Paços do Concelho, uma centena e meia de mulheres e homens que procuraram no estrangeiro a concretização dos seus sonhos a uma vida melhor.

Com o salão Nobre cheio, Beto Alves sublinhou que “aquilo que é Santa Catarina deve-se, em grande medida, ao trabalho e determinação dos nossos emigrantes, cuja história não é recente, mas sim de uma longa caminhada”, acrescentando: “aquilo que levam na bagagem é a vontade de regressar à terra, mas melhorando de vida, melhorando a vida das famílias, dos amigos, dos vizinhos, pois a marca dos emigrantes de Santa Catarina é a solidariedade, a ajuda e a generosidade”.

Fazendo um breve balanço da atividade da equipa camarária desde que tomou posse, dez meses atrás, o Presidente Beto Alves destacou as obras de infraestruturação já concluídas, em curso e a arrancar para sublinhar “tratar-se de um novo tempo aquele que se vive em Santa Catarina”, não deixando de referir ainda a importância que a Câmara está a dar ao ambiente e saneamento, a uma forte Agenda Cultural, mas também às atividades direcionadas para a área social, a eficácia e eficiência administrativa, a juventude e o desporto, mas ainda nos domínios do comércio informal, da organização do mercado e da planificação das feiras.

Beto Alves não esqueceu um dos principais problemas que afetam o município: “Santa Catarina regista um défice habitacional muito elevado, ou seja, pelo menos cerca de 4.000 famílias em situação de défice básico, e cerca de 2.000 vivem em situação de insegurança habitacional, isto é, em casas degradadas”. Segundo Beto Alves, é por isso que a Câmara “tem vindo a apoiar as famílias na reabilitação das suas casas”. Um problema que reside na circunstância de 43 por cento (%) da população ser pobre, sendo que desses 58,8% são mulheres chefes de família.

Direcionando a sua intervenção no grande objetivo estratégico da sua equipa para a Cidade de Assomada, Beto Alves sublinhou que “o nosso compromisso é sobretudo garantir uma cidade moderna, limpa, ordenada, atrativa, competitiva, mas aprazível e sustentável”, mas também “uma cidade segura, inclusiva e solidária, com oportunidades para todos”.

No encontro houve lugar, ainda, para as intervenções do Deputado pelo Círculo Eleitoral da Europa e Resto do Mundo, Emanuel Barbosa, e para a Assessora do Ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Anabela Santos, bem assim para as de vários emigrantes que sublinharam as dificuldades recorrentes que ainda persistem em matéria de serviços alfandegários, representações diplomáticas e deficiências de resposta de várias instituições da Administração Pública.

Ao encontro, seguiu-se um Jantar/Espetáculo servido no Terraço dos Paços do Concelho, abrilhantado pelas atuações das Batucadeiras de Saltos, Vânia & Sílvio Brito e Bob Mascarenhas. A apresentação este a cargo da Jornalista da Rádio Nacional de Cabo Verde (RCV) Hermen Tavares Alfredo.

 


200 idosos assinalam o Natal este domingo, num convívio a ter lugar no Parque Natural de Serra Malagueta. A iniciativa é da responsabilidade do Pelouro do Desenvolvimento Social, liderado por Isabel...
Assomada acolhe, de 15 a 21 de dezembro, uma exposição de Joaquim Semedo, um jovem de São Lourenço dos Órgãos que revela um traço singular onde os homens e as mulheres são fio-de-prumo de toda a sua...
Os problemas são muitos, mas maior é a vontade de os resolver. Eurico da Moura, por todo o lado onde passou, deixou uma mensagem de confiança, mas também de empenho e de disponibilidade para ajudar...
O Presidente da Assembleia Municipal tomou conhecimento das preocupações dos profissionais de ensino do agrupamento desta localidade e comprometeu-se a fazer de tudo para os ajudar a tornear...
Pela noite adentro, desfilaram nomes conhecidos da nossa música popular, onde não faltou Cotxi Po, batucadeiras e momentos de humor com os CV Noia   Organizado pela Câmara Municipal de Santa Catarina, o...

© Sítio da CM de Santa Catarina 2017