População de Achada Galego satisfeita com visita da equipa camarária

Cara a cara, Beto Alves e a sua equipa tiveram uma conversa aberta com a população, reiterando o empenhamento da Autarquia em dar resposta às necessidades da localidade

 

Certeza e expectativa de um futuro promissor marcaram a visita de Beto Alves à localidade de Achada Galego na tarde deste domingo, 12. Acompanhado pelo Presidente da Assembleia Municipal (AM), Eurico da Moura, pelo Secretário da AM, Nataniel Ribeiro, e pelos vereadores Ricardo Fidalgo, Vladimir Brito, Péricles Brito e Isabel Monteiro, bem como pelos assessores Manuel Cabral e Augusto Ribeiro Silva, o Edil de Santa Catarina esteve numa conversa aberta com a comunidade.

Com o sentimento de entreajuda, a Câmara Municipal, em parceria com o Grupo de Jovens Achada Galego Unido, foi inteirar-se das inquietações que preocupam a comunidade e juntos encontrar soluções e trabalhar para o desenvolvimento da localidade.

Antes de o Presidente Beto Alves ouvir os problemas que afligem a comunidade, falou dos grandes projetos para a cidade da Assomada. Achada Galego é a zona de expansão mais próxima da cidade, o que tem vindo a despertar vários interesses e, neste momento, carece de investimentos e infraestruturas de qualidade. A este propósito, o Edil sublinhou que, no futuro próximo, a comunidade será um polo de referência dentro da cidade.

População em sintonia com a equipa camarária 

A população parabenizou a equipa camarária, visto que foi a primeira vez que a comunidade recebeu um Presidente de Câmara e sua equipa, o que mostra disponibilidade para estar junto das pessoas, de ouvir a população e falar das suas propostas. De igual modo, a população louvou a iniciativa e o trabalho desempenhado na comunidade, como a eletrificação da zona de Gudo, que está a tornar-se realidade, a colocação dos contentores, a ajuda na requalificação do jardim infantil e, ainda, o apoio na área desportiva.

Mas a comunidade carece ainda de muito mais, no que tange à iluminação pública que é deficitária, no ainda precário saneamento básico, no calcetamento das estradas de penetração que dá acesso às zonas de Ponta Lopi, Achada Carapate, Cailera e Gudo. A população também pediu um Espaço Jovem, para ajudar a formar outros jovens para colmatar e minimizar a criminalidade juvenil e o alcoolismo que estão a destruir a sociedade caboverdiana. Na mesma linha, os munícipes também querem a requalificação da Placa Desportiva, mais oportunidades de emprego para os jovens e ajuda para suportar o mau ano agrícola.

Beto Alves, mais uma vez, apelou aos jovens para que procurarem informações, a dirigirem-se à Câmara e a inteirar-se das propostas, dos concursos, das formações que têm vindo a ser proporcionadas. O Edil salientou, ainda, que a Câmara, neste momento, ajuda os jovens em pequenos projetos de negócio com cinquenta por cento (50%) do capital necessário para o arranque, mas que até agora houve pouca procura. E no que respeita à iluminação pública, garantiu que levará a preocupação da população à Electra.

 “Estamos a trabalhar incansavelmente para o bem de todos os munícipes, porque a vossa felicidade é a nossa também. Estamos cientes que Achada Galego necessita de alguns investimentos, e nada como os moradores para falarem das suas reais necessidades. É por isso que estamos aqui, para termos uma conversa clara e realista. E tudo que foi dito iremos analisar e trabalhar para suprir essas necessidades, E, claro, não nos iremos comprometer que será feito tudo de uma só vez, no entanto, a comunidade dirá qual será a prioridade” - afirmou Beto Alves.  

 


Dia de festa e de uma alegria imensa da população que, finalmente, viu concretizado um sonho antigo. Para Beto Alves e a sua equipa, promessa feita é palavra dada e obra realizada   Esta quinta-feira,...
Diminuir a concorrência desleal em matéria de infrações económicas e contra a saúde pública, é o objetivo do protocolo assinado com a Inspeção Geral das Atividades Económicas, garantindo maior...
Nomes grandes da música fazem o cartaz da edição deste ano, que acontece a 24 e 25. Um momento alto das Festividades do Município, anunciado pela Vereadora da Cultura, Jassira Monteiro   Zé Espanhol &...
Um espaço museológico não pode sobreviver sem o envolvimento da comunidade, sem constituir fator de crescimento das pessoas e da economia, levando dinamismo à vida das localidades. Foi esse o traço...
No centro da polémica, o estabelecimento de ensino está marcado por divergências entre docentes e Direção. Eurico da Moura e os eleitos municipais quiseram ouvir de viva voz as razões da polémica. Os...

© Sítio da CM de Santa Catarina 2017