Incubadora de Negócios gera emprego para 11 jovens

As oportunidades surgiram no âmbito da 1ª Feira das Empresas, de Emprego e do Empreendedorismo, organizada pela Incubadora de Negócios de Santa Catarina

 

Apenas com um mês da atividade, a Incubadora de Negócios de Santa Catarina começa a apresentar resultados. No último sábado, 10, onze jovens foram selecionados para vagas de emprego, num universo de trinta entrevistados, no âmbito da realização da 1ª Feira das Empresas, de Emprego e do Empreendedorismo, que teve lugar na Zona Pedonal de Assomada.

Estágios remunerados, com possibilidades reais de contratação, e emprego efetivo em diversos ramos de atividade económica, nomeadamente, restauração, vestuário e doçaria, vão beneficiar estes jovens à procura do primeiro emprego, sendo que boa parte irá iniciar atividade no decurso desta semana.

Paralelamente, foram escolhidos cinco jovens para formação nas áreas de carpintaria, bate-chapa e pintura.

A Incubadora de Negócios irá fazer o acompanhamento de todos os jovens selecionados, nomeadamente, em matéria de condições de trabalho, remuneração, carga horária e assinatura de contratos.

Economia local dinâmica e inclusiva

Ulisses Vieira, Coordenador da Incubadora de Negócios de Santa Catarina afirmou haver “em carteira, um conjunto de ações concretas no que toca ao estímulo ao primeiro emprego, ao emprego jovem, e autoemprego no concelho”, paralelamente à operacionalização de “um programa que vá ao encontro das necessidades do empresariado local”, de que resulta ações de formação “sobre o desenvolvimento de negócios”, visando a “construção de uma economia local dinâmica e inclusiva que promova o emprego digno e a competitividade empresarial”, sublinhou.

Vontade indomável de ultrapassar barreiras

Por sua vez, o Presidente Beto Alves, que falava na abertura da Feira das Empresas, de Emprego e do Empreendedorismo, salientou que os jovens de Santa Catarina têm “uma vontade indomável de ultrapassar barreiras e de construir soluções para o seu concelho, o país e para as suas vidas” e sublinhou a importância da Incubadora de Negócios como “forma ativa e concreta de encontrar caminhos para apoiar os jovens à procura do primeiro emprego e gerar soluções de dinamização da economia local”.

Beto Alves manifestou-se orgulhoso por Santa Catarina ter “empresários empreendedores que, superando todas as barreiras, conseguiram singrar na vida e estão agora disponíveis para ajudar a comunidade” a dar resposta “ao principal problema que temos para resolver em Cabo Verde: o desemprego”.

O Presidente deixou uma mensagem de esperança, manifestando acreditar que o futuro será mais sorridente para todos os santacatarinenses e desafiou os jovens a serem “parte ativa” da nova largada de progresso e de desenvolvimento de Santa Catarina.

Quanto à Feira das Empresas, de Emprego e do Empreendedorismo, a satisfação dos 18 expositores falava por si. Uma boa afluência do público e bons negócios fazem desta primeira edição um êxito.

 


© Sítio da CM de Santa Catarina 2019