Câmara já reabilitou mais de 300 habitações e construiu 20 de raiz

Isabel Monteiro deu conta do deve e haver do seu pelouro em matéria de habitação, referindo que este é um dos “calcanhares de Aquiles” do concelho. A Vereadora do Desenvolvimento Social salientou a preocupação da autarquia em garantir habitação digna às famílias mais vulneráveis

 

Desde o início do mandato, a Câmara Municipal de Santa Catarina, liderada por Beto Alves, já reabilitou mais de 300 habitações – uma média de 100 por ano - e construiu 20 de raiz. A informação foi dada a este portal pela Vereadora do Desenvolvimento Social.

Isabel Monteiro falava à margem de uma visita ao terreno para ver in loco o andamento das obras de 33 habitações de famílias com baixo rendimento, que serão contempladas através do Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades (PRRA), um programa do Governo de Cabo Verde que visa, entre outros, garantir um lar digno para se viver.

A visita decorreu nas localidades de Cumbém, Achada Galego, Chão de Tanque, Rincão e Nhagar.

Acompanhada pela Diretora da Ação Social, Elisângela Leal, A Vereadora do Desenvolvimento social visitou oito casas alvo de intervenção e sublinhou a preocupação da autarquia em garantir habitação digna às famílias mais vulneráveis.

“A problemática das condições de habitabilidade no nosso município é gritante, uma vez que temos mais de três mil famílias que vivem em situações de risco”, disse Isabel Monteiro. Ainda segundo a Vereadora, “este programa veio em boa hora”, já que “está a ajudar a solucionar o problema que é um dos ‘calcanhares de Aquiles’ do nosso município”, sublinhou.

As reabilitações e requalificações dos imóveis respondem às situações de emergência, resultantes das deficientes condições de habitabilidade e contemplam a construção de casas de banho, cobertura das casas com telhado e concreto armado, bem como colocação de portas e janelas.

Ao abrigo do PRRA, serão beneficiadas 33 famílias, num orçamento que ronda os 9 mil contos.

 


© Sítio da CM de Santa Catarina 2019