Câmara organiza primeira Noite Branca de Assomada

Integrado nas festividades natalícias, o evento divide-se por quatro palcos, a funcionar simultaneamente, envolvendo vários estilos musicais

 

A Câmara Municipal de Santa Catarina organiza este sábado, 14, a primeira Noite Branca de Assomada. Com quatro palcos a funcionar simultaneamente, o evento começa às 20h00 e termina às 02h00 do dia seguinte.

O Palco 1 vai estará instalado na Praça Central tendo como oferta música sacra, envolvendo várias igrejas de Assomada, mas também dança contemporânea com o grupo Power King e, ainda um desfile de moda reciclada.

O Palco 2, a funcionar na Praça Mamazinha Ferreira, oferece batuco e funaná, com os grupos de batucadeiras Ana da Veiga (Ribeirão Manuel), Txabi Paraíso (Cruz Grande), Raiz Fincado (Nhagar), Estrela de Ave (Saltos), Djunta Mo (Fondura) e Pé di Polon (Boa Entrada). O Funaná sobe ao palco com Benvindo & Nola e Manazinha Freire.

O Palco 3, a funcionar em São Bento, é inteiramente dedicado ao hip hop e apresenta um variado cartaz: 265 MÀFIA, Dudek, Boston, FBF, Passaport Tchambus, Fidjus de RB, Djarull, JP, Resistência, Investigador, CJ Heleno, Fidjus D´Africa, Yuram, Fidju Terra & Ricthaz, Jany Brito & Patrick Brito, Pandz Kilss, Dirock, Profeta, PTK, Poetas de Guetto, MC Neguinho e 100 Juiz, são as apostas da noite.

O Palco 4, a funcionar junto ao Tribunal, tem como figuras de cartaz Loony Johnson e Oudji, entre outros a anunciar oportunamente.

O que é a Noite Branca

A Noite Branca teve a sua origem em Paris, em 2002, numa lógica de demonstração da possibilidade de reocupação de espaços urbanos para o fomento da Cultura a partir da reunião de diversas linguagens artísticas, mas também como meio de animação do Comércio Local.

O conceito, no essencial, explora a arte contemporânea, através da realização de várias manifestações artísticas a decorrer em diferentes locais e ao mesmo tempo.

 

 


© Sítio da CM de Santa Catarina 2020