Nota de Condolências: Honra a Nuno Rebocho!

Embora sendo previsível, recebemos a notícia da sua morte física com grande tristeza e nunca deixaremos que a sua presença intemporal se ausente das nossas memórias

 


NOTA DE CONDOLÊNCIAS

À família de Nuno Rebocho

(ao cuidado de seu filho Bento Rebocho)


A Câmara Municipal de Santa Catarina apresenta as suas sentidas condolências à família e amigos de Nuno Rebocho, em particular aos seus filhos, e inclina-se perante a sua memória.

Intelectual, jornalista, escritor e poeta, Nuno Rebocho, durante o curto período em que connosco conviveu, marcou indelevelmente na sua passagem Assomada e Santa Catarina, de quem foi um amigo dedicado e prestando relevantes serviços ao nosso município, nomeadamente, contribuindo para colocar Santa Catarina como membro de pleno direito de uma das mais importantes redes culturais do mundo – o Festival Sete Sóis Sete Luas.

Nuno Rebocho marcou-nos, ainda, pela sua personalidade, pelo seu caráter e pela sua amizade, mas também pelo seu amor a Cabo Verde, o que faz dele um filho adotivo do nosso país e uma referência intelectual inquestionável.

Nuno Rebocho foi, também, um combatente da liberdade, tendo passado cinco anos da sua vida preso no Forte de Caxias por se opor com determinação e coragem à ditadura colonial fascista e defender a independência das então colónias portuguesas, incluindo Cabo Verde. Essa é, também, razão acrescida da nossa gratidão.

A 22 de maio do ano passado tivemos ocasião de, aqui em Assomada, o homenagear num comovente abraço de amigos, já Nuno Rebocho se encontrava debilitado pelo seu precário estado de saúde.

Embora sendo previsível, recebemos a notícia da sua morte física com grande tristeza e nunca deixaremos que a sua presença intemporal se ausente das nossas memórias.

Honra a Nuno Rebocho!

Assomada, 12 de janeiro de 2020

O Presidente da Câmara

José Alves Fernandes

(Beto Alves)

 


© Sítio da CM de Santa Catarina 2020