Câmara procede a limpeza e desinfestação de espaços públicos

Esta ação de higienização aconteceu esta quinta-feira tendo por alvo o Mercado Municipal, o Pelourinho e o Matadouro Municipal. “Não temos nenhum caso de contaminação em Santa Catarina, razão acrescida para não baixarmos a guarda e reforçarmos, até, as medidas de prevenção”, disse a este portal o Vereador da Economia Local e Inovação, Péricles Brito

 

Durante esta quinta-feira, 21, o Mercado Municipal esteve encerrado ao público para ser sujeito a uma limpeza geral e desinfestação.

A intenção é reforçar as medidas de segurança e de prevenção do covid-19 durante este período de Estado de Emergência na ilha de Santiago.

“Não temos nenhum caso de contaminação em Santa Catarina, razão acrescida para não baixarmos a guarda e reforçarmos, até, as medidas de prevenção”, disse a este portal o Vereador da Economia Local e Inovação, Péricles Brito.

Ainda segundo Brito, “o mercado está a funcionar a 50 por cento, garantindo o distanciamento entre os vendedores e o público”, mas também “é proibida a entrada sem máscara e o acesso é faseado”. E, na entrada, o público tem à disposição um lavatório para lavagem das mãos e um produto de higienização.

Ao contrário do que acontecia em situação de “normalidade”, a venda no exterior está expressamente proibida.

Ainda segundo Péricles Brito, ações de limpeza e desinfestação ocorreram, também, no Matadouro Municipal e no Pelourinho.

Estas intervenções – que passarão a acontecer quinzenalmente - resultam de uma parceria alargada entre a Câmara Municipal, o Corpo de Bombeiros, a Proteção Civil, a Delegacia de Saúde e a Delegação do Ministério da Agricultura e Ambiente.

 


© Sítio da CM de Santa Catarina 2020