Roubo de contentores é inadmissível

É a segunda vez que o Pelouro do Ambiente e Saneamento é confrontado com esta situação, sendo que a última ocorreu na noite de 21 para 22 de agosto, em dois pontos distanciados por 150 metros, num total de dois contentores (a que acresce o roubo de outros dois em datas diferentes), com o valor unitário de oitenta mil escudos, perfazendo um total de 320 mil escudos

 

Decorrente da estratégia municipal de implementar políticas de qualidade sanitária no concelho e para reforço dos sistemas de tratamento de resíduos sólidos, a Câmara Municipal de Santa Catarina adquiriu 180 contentores e 100 papeleiras.

A maioria dos contentores já foram distribuídos, mas, em particular, em Cabeça Carreira, tem-se verificado o roubo reiterado destes equipamentos.

É a segunda vez que o Pelouro do Ambiente e Saneamento é confrontado com esta situação, sendo que a última ocorreu na noite de 21 para 22 de agosto, em dois pontos distanciados por 150 metros, num total de dois contentores (a que acresce o roubo de outros dois em datas diferentes), com o valor unitário de oitenta mil escudos, perfazendo um total de 320 mil escudos.

O roubo de contentores é um ato inadmissível, acrescido da circunstância de se tratar de património público, pelo que a Câmara Municipal apela à comunidade que forneça toda a informação útil disponível, que permita localizar os contentores, ao mesmo tempo que reitera a sua determinação em ser firme na punição das pessoas envolvidas.

 


© Sítio da CM de Santa Catarina 2020